VISITA AO MOTOR DE SISAL

quinta-feira, 31 de julho de 2014 0 comentários


No dia 24 de julho de 2014, os alunos do Programa Mais Educação para Jovens fizeram uma visita ao motor de sisal na Fazenda Tanquinho dos Bois. Sendo que foi uma oportunidade de conhecer a realidade dos trabalhadores do motor e vivenciar momentos de aprendizagem e construção do ser, a visita proporcionou uma reflexão sobre como é difícil a vida das pessoas que não tiveram a oportunidade de estudar e para se manterem precisa optar por esse trabalho que é digno e sofrido, mas que sustentar muitas famílias.
Além disso, os alunos são conhecedores dessa realidade, pois muitos trabalham ou tem pais que trabalham e pode contribuir com essa visita, como por exemplo: os alunos Cleilton e Moíses que mostram como residar o sisal e como processo para chegar até a venda. Como educadora foi uma das experiências mais gratificante, pois conhecer aquela realidade proporcionou um momento de reflexão sobre a vida dos estudantes e sobre minha vida, já que hoje temos muitas oportunidades para escolher novos caminho e mudar o nosso futuro.   












APRESENTAÇÃO DA 2º GINCANA ESTUDANTIL E O PROJETO PARADA DA LEITURA

quarta-feira, 30 de julho de 2014 0 comentários

No dia trinta de julho de dois mil e quatorze, aconteceu na Escola João Francisco Pereira, apresentação da 2º Gincana Estudantil 2014 com tema: “Estudantes em ação”, promovendo um momento de integração, diversão e aprendizagem para todos os estudantes. Sendo assim, teve também a apresentação do Projeto “Parada da Leitura”, onde tem objetivo de buscar a interação dos alunos em desenvolver o prazer pela leitura.






INICIO DAS ATIVIDADES DO PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO

sábado, 19 de julho de 2014 1 comentários

No dia quatorze de julho de dois mil e quatorze, deu-se inicio as atividades do Programa Mais Educação implantando na EJFP desde 2013 sendo continuando em 2014. Sendo assim, foi momento de acolhimento e interação entre monitores e alunos, sendo que as atividades realizadas nesse primeiro contato foram dinâmicas de socialização e reflexão.

Além disso, a direção passou os informes para os alunos sobre o funcionamento e as regras durante o processo de atividades integrais. 





PROJETO MAIS CULTURA

0 comentários


  No dia 16 de junho de 2014, aconteceu na Escola João Francisco Pereira a  reunião para a apresentação do Projeto “Mais Cultura nas Escolas”, que visa a reconhecer a escola como espaço de circulação e produção da diversidade cultural brasileira, a reunião teve a participação de pessoas da comunidade, Colegiado, funcionários tendo a seguinte pauta: Abertura; Acolhida: Boas vidas; Explicar o objetivo da reunião; Explicar sobre o Projeto Mais Cultura; Apresentação do projeto da Escola; Espaço aberto; Organização dos Grupos; Levantamento de materiais.





SELO UNICEF, NA ESCOLA JOÃO FRANCISCO PEREIRA

sexta-feira, 11 de julho de 2014 0 comentários

No dia nove e dez de julho de dois mil quatorze, na Escola João Francisco Pereira teve a presença da representante do Selo UNICEF, Andréia Neri onde a mesma esteve fazendo uma pesquisa no município de Barrocas através da implementação do Selo, que participaram de atividades formativas ao longo da Edição 2009-2012, para apresentar suas impressões sobre os trabalhos desenvolvidos nos municípios e recomendações para o fortalecimento das políticas públicas para a infância e adolescência do Semiárido.
Sendo assim, Andréia realizou uma entrevista com os alunos e a diretora. A Escola apresentou pouco da diversidade cultural como à cantiga de roda e bumba meu boi, com a presença Maria Senhorinha.






REUNIÃO DE ABERTURA DO PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO

0 comentários




No dia onze de julho de dois mil e quatorze foi realizado na Escola João Francisco Pereira uma reunião para dá inicio as atividades do Programa Mais Educação, tendo a seguinte pauta, abertura com mensagem, informar aos Pais o objetivo da reunião; As atividades para os alunos 15 a 17 anos; E como funciona o Programa Mais Educação; Informações sobre o inicio das atividades (e quais atividades, horários, dias de funcionamento e critérios de escolhas); Transporte, Almoço; Quantidade de alunos por localidade; Informes sobre as dificuldades para o começo pedindo a colaboração de todos,Apresentação dos monitores; por macrocampos; Espaço aberto para tirar duvidas; Também foi criado o comitê local do Programa, e foi apresentado os recursos de 2014 e as pasta de Prestação de Contas de 2013; Avaliação do Encontro e agradecimento. Contamos com a participação dos monitores, Edna Santos Oliveira , Eliana Silva Lima Gilderverson Bispo Pinto e Luana Santos de Jesus, membros do Colegiado Escolar , conselho escolar, Pais e responsáveis de alunos. Sendo assim demos início às atividades do Programa Mais Educação com a coordenação da equipe gestora da Escola.







REUNIÃO COM OS MONITORES

0 comentários

No dia nove de julho de dois mil quatorze, na Escola João Francisco Pereira, teve a presença dos monitores selecionando no Programa Mais Educação, onde a diretora apresentou os critérios de como trabalha com os alunos.

 Sendo assim, os monitores receberam as fichas, horários e módulos para aperfeiçoamento nos macrocampos de ensino.

 

2 DE JULHO INDEPENDÊNCIA DO BRASIL

quarta-feira, 2 de julho de 2014 0 comentários



A Independência da Bahia foi um movimento que, iniciado em 1821 (mas com raízes anteriores) e com desfecho em 2 de julho de 1823, motivado pelo sentimento federalista emancipador de seu povo, terminou pela inserção daquela então província na unidade nacional brasileira, durante a Guerra da independência do Brasil.
Aderira Salvador à Revolução liberal do Porto, de 1820 e, com a convocação das Cortes Gerais em Lisboa, em janeiro do ano seguinte, envia deputados como Miguel Calmon du Pin e Almeida na defesa dos interesses locais. Divide-se a cidade em vários partidos, o liberal unindo mesmo portugueses e brasileiros, interessados em manter a condição conquistada com a vinda da Corte para o país de Reino Unido, e os lusitanos interessados na volta ao status anterior.
Dividem-se os interesses, acirram-se os ânimos: de um lado, portugueses interessados em manter a província como colônia; do outro, brasileiros, liberais, conservadores, monarquistas e até republicanos se unem, finalmente, no interesse comum de uma luta que já se fazia ao longo de quase um ano e que somente se faz unificada com a própria Independência do Brasil a partir de 14 de junho de 1822, quando é feita na Câmara da vila de Santo Amaro da Purificação a proclamação que pregava a unidade nacional, e reconhecia a autoridade de D. Pedro I.
Na Bahia a luta pela Independência veio antes da brasileira, e só concretizou-se quase um ano depois do 7 de setembro de 1822: ao contrário da pacífica proclamação às margens do Ipiranga, só ao custo de milhares de vidas e acirradas batalhas por terra e mar emancipou-se de Portugal, de tal modo que seu Hino afirma ter o Sol que nasceu ao 2 de julho brilhado “mais que o primeiro”.
http://jornaloexpresso.wordpress.com/2014/07/02/2-de-julho-a-independencia-da-bahia/

 
:: - E.J.F.P - :: Escola João Francisco Pereira © 2011 | Designed by Bingo Cash, in collaboration with Modern Warfare 3, VPS Hosting and Compare Web Hosting